A Saúde Não Está na Farmácia

  Dr. Cesar Vasconcellos de Souza

Uma grande parte de enfermidades podem ser prevenidas e curadas, sem a necessidade de medicamentos convencionais ou cirurgia.

Nosso corpo foi criado para viver bem segundo leis constantes e imutáveis. Se cooperarmos com a Natureza, ela fará o melhor trabalho possível, seja quanto ao aspecto físico ou mental. No estudo da fisiologia humana encontramos maravilhosos mecanismos de ação e recuperação da saúde. É importante compreender isto e colaborar para que a Natureza execute sua sábia obra de manter e restaurar a vida.

Praticando princípios de saúde simples, como o exercício físico, uso da água pura por dentro e por fora do corpo, alimentação vegetariana, desenvolvimento das relações afetivas e espirituais, etc., uma grande parte de enfermidades podem ser prevenidas e curadas, sem a necessidade de medicamentos convencionais ou cirurgia.

Dr. Dean Ornish, cardiologista da Universidade de São Francisco, Califórnia, provou que pacientes com doença cardíaca coronariana (entupimento das artérias do coração), quando submetidos à prática de exercícios físicos, dieta vegetariana, programa de redução do estresse, grupos de apoio emocional, e melhora nas relações de afeto, tiveram a redução da placa de gordura naquelas artérias! Isto foi um resultado espetacular porque se constatou a existência de uma alternativa para o que a medicina convencional recomenda que é cirurgia cardíaca, seja para fazer a ponte de safena, mamária, radial, (indicada, é verdade, em casos graves) ou a colocação de uma “mola” para abrir a artéria e possibilitar a passagem do sangue que não passa por causa da camada de gordura acumulada dentro dela. Mas se o paciente após a cirurgia cardíaca permanecer com o mesmo estilo de vida que favoreceu a doença, ela deverá voltar.

Quando se tenta combater enfermidades somente com medicamentos e/ou cirurgia, sem mudança do estilo de vida, é um risco de perpetuar a doença e até criar outros problemas devido aos efeitos colaterais dos remédios.

Um exemplo pode ser sobre o uso de antibióticos que são drogas poderosas e têm prevenido muitas mortes, sem dúvida. Entretanto, o uso indiscriminado ou abusivo deles tem causado mais problemas na medicina.

Há uma bactéria muito difícil de ser tratada é o Clostridium difficile. Geralmente ela produz colites (infecções intestinais) como efeito colateral do uso de antibióticos. Dr. Gregory W. Rutecki, Diretor de Educação Médica e Professor da Ohio State University em Columbus e da Wright State University em Dayton, Ohio, comenta sobre um paciente que usou por uma semana um antibiótico, desenvolvendo como efeito colateral uma colite por C. difficile, necessitando de 12 litros de fluído de ressuscitação e uma colectomia total (retirada total do intestino) devido ao efeito secundário do antibiótico.

Estudos mostram que colectomias e mortes por infecção por esta bactéria C. difficile têm crescido 5 vezes mais em uma década. Rutecki comenta que esta bactéria não é somente a que mais atinge as pessoas, como de efeitos mais severos no corpo. Num estudo, diz ele, 25 em cada 100 pacientes hospitalizados sem malignidade hematológica e com glóbulos brancos acima de 30 mil/µL tiveram infecção por esta bactéria.

Nos Estados Unidos o custo médio para tratar infecção por C. difficile é cerca de 10970 dólares e o uso durante 7 dias de vancomicina pode chegar até 7 mil dólares. Isto tem feito com que o custo total nos cuidados de saúde somente para tratar a infecção por esta bactéria possa exceder a 1 bilhão de dólares por ano! Só por causa de uma bactéria!

Recentemente descobriram um subtipo ainda mais virulento e resistente de C. difficile associado ao uso de fluoroquinolona. Isto mostra que o uso de novos antibióticos usados frequentemente tem criado uma ainda mais resistente “super” C. difficile.

O Dr. Rutecki, termina dizendo: “Ainda que antibióticos têm salvo muitas vidas, existem momentos quando seria melhor deixá-los na prateleira. Cortar esta germinativa epidemia requerirá restrição em nosso uso destas ‘drogas maravilhosas’” “What Hath Antibiotics Wrought? The Nightmare of Clostridium difficile Colitis, Consultant, September 1, 2006, p. 1104, 1107, www.ConsultantLive.com

Os drs. Murray e Pizzorno, autores da Enciclopédia de Medicina Natural, afirmam que para obter saúde é simples, e dão a receita: alimentação natural, exercícios físicos e atitude mental positiva. Eles ensinam o que o Criador dos seres humanos havia dito milhares de anos atrás: “Filho Meu, atenta para as Minhas palavras; às Minhas razões inclina o teu ouvido. Não as deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-as no meio do teu coração. Porque são vida para os que as acham, e saúde para o seu corpo.” Provérbios 4:20-22.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: