Biblioteca Digitalizada

http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/PesquisaObraForm.jsp

Anúncios

Novo curso do Observatório Céu Austral‏

Em nossos sites ( http://www.ceuaustral.pro.br ou
http://www.ceuaustral.astrodatabase.net ) encontram-se disponíveis as
informações sobre o novo curso do Observatório Céu Austral em parceria
com a E.T.E. Prof. Camargo Aranha, com início em 09 de abril (quarta-
feira).
O curso “DA TERRA ÀS ESTRELAS” proporciona uma visão geral da
Astronomia, apresentando os corpos celestes, suas principais
características físicas e sua ambientação no Universo, além de
introduzir técnicas de observação do céu a olho nu e por instrumentos.
Se você ainda não fez sua inscrição e quer participar do curso, visite
nosso site e veja todas as informações (clique no nome do curso na
página inicial do site). Um abraço e até lá.
Paulo Varella e Regina Atulim.
Observatório Céu Austral

Programa Um Passeio pelo Céu

Programa Um Passeio pelo Céu (203 – 48) Especial com depoimento do Prof. Ronaldo Rogério de Freitas Mourão.

Google disponibiliza espetacular mapa do planeta Marte

http://www.google.com/mars

Google estréia mapa da Lua

http://www.google.com/moon

Google leva observatório Sky para a web‏

 A partir desta sexta (14), o internauta interessado em estrelas e constelações tem mais uma opção para observar o espaço a partir de seu computador. Se antes ele dependia do serviço Sky, extensão incorporada em agosto de 2007 ao programa Google Earth, agora ele pode usar o mesmo serviço a partir de navegadores da web, como Firefox, Internet Explorer ou Opera.  Segundo o Google, as imagens disponíveis na versão web são as mesmas que o programa Google Earth apresenta em sua ferramenta “observatório”. Para testar o serviço o usuário deve visitar o site www.google.com/sky . A diferença é que não é possível visualizar os pólos celestiais norte e sul, já que as imagens precisarm ser adaptadas à projeção adotada na representação de mapas pelo Google Maps.
O Google Sky permite que os usuários flutuem em torno de 100 milhões de estrelas e 200 milhões de galáxias, e se aproximem delas por zoom. Os usuários podem ver o céu tal qual visto da Terra. O sistema de buscas localiza planetas, constelações e estrelas. As imagens da ferramenta Sky foram montadas com material reunido entre diversas fontes externas, incluindo o Digital Sky Survey Consortium, o United Kingdom Astronomy Technology Centre e o Anglo-Australian Observatory.

Do Globo on line

Mensageiro Sideral ( Blog rico em informações de Astronomia )

http://www.mensageirosideral.globolog.com.br

jpu