Estação espacial “dribla” lixo cósmico e evita colisão

Publicidade
da Efe, em Moscou

A altura da órbita da ISS (Estação Espacial Internacional) foi reduzida para evitar uma colisão com lixo espacial, informou nesta quinta-feira o Centro de Controle de Vôos Espaciais (CCVE) da Rússia em comunicado.
A correção da órbita foi realizada às 20h11 (13h11 de Brasília) de quarta-feira, com ajuda dos propulsores do veículo espacial europeu Julio Verne, acoplado à ISS.
“Os serviços russo e norte-americano de controle do espaço orbital informaram sobre a possível colisão, e esses dados foram utilizados pelos especialistas em balística do CCVE para calcular a correção da órbita da ISS”, acrescenta o texto.
Após a manobra, a altura média da órbita da ISS se reduziu em 1,7 quilômetro, e é atualmente de 353,7 quilômetros. Habitualmente, a altura de órbita média da ISS oscila entre 360 e 330 quilômetros.
A plataforma perde entre 100 e 150 metros de altura a cada dia por causa da gravitação terrestre, da atividade solar e de outros fatores. Por isso, três ou quatro vezes ao ano se realizam correções de sua órbita com ajuda dos motores das naves de carga.

Fonte:Original desta notícia pode ser acessada através do site: http://www.gea. org.br/mss. html
 
Céu claro pra todos!
 
José Geraldo Mattos
Moderador
 
O que é inconcebível a respeito do universo é que ele é absolutamente concebível”.(Albert Einstein)
Anúncios

Sonda vê material orgânico em lua de Saturno

EFE WASHINGTON – A sonda Cassini, um projeto conjunto da americana Nasa e da Agência Nacional Européia, encontrou material orgânico primordial 20 vezes mais denso que o esperado em Encélado, uma das luas do planeta Saturno, revelou nesta quarta-feira o Laboratório de Propulsão a Jato (JPL). Além de vapor d’água, dióxido de carbono e monóxido de carbono, o material foi detectado pelo espectrômetro de íon e massa neutra de Cassini durante uma aproximação com Encélado em 12 de março, disse em comunicado o órgão da agência espacial americana.

Esta lua tem calor, água e material orgânicos, alguns dos quais são essenciais para o surgimento de vida


Os novos mapas da lua mostram que, na região do pólo sul de Encélado, as temperaturas são mais altas e os materiais orgânicos são similares aos que poderiam ser encontrados em um cometa, segundo o JPL. Em sua última aproximação de Encélado, a sonda Cassini passou a apenas 48 quilômetros da superfície da lua, e uma manobra similar está prevista para agosto deste ano.
“Uma surpresa, totalmente inesperada, é que a química de Encélado, que surge de seu interior, é parecida com a de um cometa”, disse Hunter Waite, principal responsável pelo espectrômetro no South West Researsh Institute do Texas.
Segundo o cientista, o fato de que esse material provenha do interior de uma lua provoca muitas dúvidas em relação à formação do sistema de Saturno.
“Indubitavelmente, Encélado não é um cometa. Estes possuem caudas e giram em uma órbita solar. A atividade interna de Encélado provém de seu calor interno, enquanto que a de um cometa provém da luz solar”, explicou Waite.
“Esta lua tem calor, água e material orgânicos, alguns dos quais são essenciais para o surgimento de vida”, indicou Dennis Matson, cientista do projeto no JPL. “Temos a receita da vida em nossas mãos, mas ainda não encontramos o ingrediente final, água em estado líquido”, acrescentou Matson.
Porém, as probabilidades de que surja algum tipo de atividade biológica como conhecemos na Terra são mínimas porque em Encélado não há oxigênio e nem chega luz solar, indispensável para a fotossíntese. No entanto, o organismo da Nasa manifesta que não é totalmente impossível, pois na Terra existem ecossistemas exóticos similares nos quais existe vida.

A química de Encélado, que surge de seu interior, é parecida com a de um cometa


Como exemplo, cita os micróbios que sobrevivem com a energia proveniente da interação entre diferentes tipos de minerais. Esse tipo de ecossistema independe completamente do oxigênio ou do material orgânico produzido pela fotossíntese na Terra.
“Estes extraordinários ecossistemas microbianos são modelos de uma vida que poderia estar presente em Encélado”, afirma o JPL.
Assine O Globo e receba todo o conteúdo do jornal na sua casa

Fonte:Original desta notícia pode ser acessada através do site: http://www.gea. org.br/mss. html
Céu claro pra todos!
José Geraldo Mattos
Moderador
O que é inconcebível a respeito do universo é que ele é absolutamente concebível”.(Albert Einstein)

Brasileiro compra bilhete para turismo espacial

Publicada em 01/04/2008 às 16h00m

BBC LONDRES – O site da BBC Brasil informou nesta terça-feira que um brasileiro está entre as 250 pessoas que já compraram uma passagem para os vôos espaciais turísticos da empresa britânica Virgin Galactic. O bilhete custa US$ 200 mil (cerca de R$ 350 mil).
A empresa informou que a identidade do brasileiro está sendo mantido em sigilo. Entre os futuros turistas espaciais estão o físico britânico Stephen Hawking e o designer francês Philippe Starck.
A partir de 2012, turistas poderão ser lançados ao espaço na Suécia através do espetacular show de luzes da aurora boreal – o fenômeno visual que ocorre no céu do Pólo Norte. A iniciativa é da Virgin Galactic, a empresa de turismo espacial do bilionário inglês Richard Branson, em parceria com o consórcio sueco Spaceport Sweden.
Os preparativos para os primeiros vôos espaciais para turistas a partir da base de Esrange, no norte da Suécia, foram detalhados nesta terça-feira, em entrevista coletiva no centro espacial sueco. A idéia da Virgin é fazer de Esrange, situada a 200 quilômetros do Círculo Ártico, a base européia do turismo espacial de Richard Branson.
Os testes de vôos na base sueca devem começar ainda este ano. O presidente da Virgin Galactic, Will Whitehorn, destacou que a nave espacial comercial desenvolvida pela empresa está agora em fase final de construção em Mojave, na Califórnia. Os testes da nave SpaceShipTwo, com oito lugares, e sua nave-mãe, White Knight Two (WK2), estão programados para o fim de julho no Novo México, no sudoeste dos Estados Unidos.
“Os testes na base sueca serão iniciados imediatamente após os testes nos Estados Unidos, e talvez até ao mesmo tempo”, disse Whitehorn à BBC Brasil.
Na concepção da Virgin Galactic, a base sueca vai oferecer aos turistas um atrativo extra: viajar através das luzes brilhantes da aurora boreal.
Também conhecida como noite polar, a aurora boreal é um fenômeno ótico que transforma o céu das regiões polares num espetáculo de cores luminosas. Os dramáticos raios de luz que rasgam o céu polar são produzidos em função do choque dos ventos solares com o campo magnético da Terra.
No hemisfério sul, o fenômeno é conhecido como aurora astral.
A aurora boreal ocorre geralmente nos meses de agosto a abril, e pode ser vista a olho nu durante a noite. Mas a visão de dentro da SpaceShipTwo promete ser consideravelmente melhor.
A viagem da nave espacial rumo ao espaço através da aurora boreal terá 2h30 de duração. O espetáculo da noite polar poderá ser admirado através de grandes janelas circulares, localizadas nas paredes e no teto da fuselagem.
A SpaceShipTwo será transportada pela nave-mãe até uma altura de 15 quilômetros, e em seguida acionará a força propulsora que, num espaço de seis minutos, vai impulsionar a nave até a altitude de 110 quilômetros.
Durante cerca de cinco minutos, os turistas vão poder deixar seus assentos para viver a experiência da ausência de gravidade e apreciar a visão da curvatura da Terra.
A nave inicia em seguida o retorno à atmosfera.
Serão, portanto, vôos suborbitais, que atingem o espaço, mas não chegam a realizar uma evolução completa em torno do planeta.
Durante o verão europeu, será possível presenciar o sol da meia-noite, fenômeno que ocorre durante dois meses nas datas próximas ao solstício de verão.
Para mais notícias, visite o site da BBC Brasil

© British Broadcasting Corporation 2006. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem a autorização por escrito da BBC BRASIL.

Fonte:Original desta notícia pode ser acessada através do site: http://www.gea. org.br/mss. html
Céu claro pra todos!
José Geraldo Mattos
Moderador
O que é inconcebível a respeito do universo é que ele é absolutamente concebível”.(Albert Einstein)

Astronomy Newsletter ( Inglês )

ESA/NASA/G. Tinetti (University College London, UK & ESA)
Methane detected on extrasolar planet
The NASA/ESA Hubble Space Telescope has made the first detection ever of an organic molecule in a planet orbiting another star. This breakthrough is an important step in eventually identifying signs of life on a planet outside our solar system … Read more.
NASA/Caltech
Water and planet formation
Water is an essential ingredient for forming planets, yet has remained hidden from scientists searching for it in protoplanetary systems, the spinning disks of particles surrounding newly formed stars where planets are born. Now the detection of water vapor in the inner part of two extrasolar protoplanetary disks brings scientists one step closer to understanding water’s role during terrestrial planet formation … Read more.
International Dark-Sky Association, Inc.
2008 National Dark-Sky Week
Observance of the sixth annual National Dark-Sky Week will take place March 29 through April 4. Founded in 2003 by Jennifer Barlow, the event highlights concern for increasing light pollution, the glow from outdoor lights that washes out the stars in the night sky … Read more.
ESA/DLR/FU Berlin (G. Neukum)
Investigating Mars’ volcanic past
A new analysis of impact cratering data from Mars reveals that the planet has undergone a series of global volcanic upheavals. These violent episodes spewed lava and water onto the surface, sculpting the landscape that ESA’s Mars Express looks down on today … Read more.
Ernie Mastroianni
Astronomy magazine podcast: Saving historic observatories
Author Trudy E. Bell discusses vintage observatories and a workshop created to save them. Listen here.
 
With Hubble’s Greatest Pictures, you’ll learn all about the greatest telescope ever built. This 100-page special issue, with easy-to-understand, non-technical writing, includes:

  • More than 150 photos from Hubble’s 17 years of exploration
  • The history of Hubble from conception to launch and beyond
  • NASA’s plans to update Hubble in 2008
  • And much more!

    Hubble’s Greatest Pictures is an astronomical wonder!

    Reserve your copy today to receive FREE shipping!

  •  
    Sid Leach
     
    David J. Eicher
    Russia: Siberian Total Solar Eclipse & Grand Waterways of the Czars, July 18-August 2, 2008
    The Astronomy Siberian eclipse tour begins with a journey from St. Petersburg to Moscow in comfort and style aboard the river vessel Viking Kirov. Next, the group will fly to Novosibirsk, Siberia, for the total solar eclipse. The tour will also stop in forested villages and quaint towns. Plus, we’ll see grand monuments, opera houses, opulent palaces, fortified monasteries, and beautiful cathedrals along the waterways.

    Listen to Editor Dave Eicher and MWT Associates’ Melita Thorpe talk about the trip’s highlights.

    Learn more about this trip.

    MWT Associates, Inc.
    China: Total Solar Eclipse and Grand Yangtze River Cruise, July 13-26, 2009
    On July 22, 2009, totality will cross China and throw eclipse chasers into shadows along the Yangtze River. Astronomy magazine and MWT Associates invite you to join us as we celebrate more than 5 minutes of totality and the ebb and flow of Chinese life in the 21st century.

    Listen to Editor Dave Eicher and MWT Associates’ Melita Thorpe talk about the trip’s highlights.

    Watch a video previewing this trip.

    Learn more about this trip.

    Book soon, this trip is filling fast!

     
    Astronomy: Roen Kelly
     
     
    More questions? We invite you to visit our Customer Service Center.

    Kalmbach Publishing Co. 21027 Crossroads Circle Waukesha, WI 53187

    Copyright 2008 Kalmbach Publishing Co.

    __._,_.___

    La Nasa celebra su 50 aniversario en el St. Louis Missouri, USA.‏

    Hola amigos:
    recuerdan los detalles que les envie en los ultimos meses  sobre la Ciudad de St. Louis, Missouri en USA??, ciudad que visite en mi ultimo tour…
    ahora comparto una informacion que tiene relacion con este tema., y que reafirma la importancia de esa ciudad en esta era espacial.
    El administrador Adjunto de la NASA visita St. Louis para celebrar el 50 aniversario de esa agencia.
    WASHINGTON – el Dia 25 de Marzo del 2008 el administrador asociado de la Nasa Shana Dale dara un discurso durante una comida en el Centro de Ciencias de St. Louis para celebrar el nacimiento de esta agencia espacial hace 50 anios.
    Este forum en St. Louis se enfocara a como la exploracion espacial ha beneficiado la economia de St. Louis .
    los medios de comunicacion han sido invitados a estos  eventos que duraran todo ese dia con un tiempo para preguntas y respuestas programado a las 10:30 am.
    El Astronauta Car Walz, director de la division de capacidades avanzadas de la Direccion de Mision de Sistemas de exploracion, dara una vision general de los planes de la NASA para retornan a la Luna y la exploracion mas alla.
    El astronauta retirado Tom Jones tambien participara en el Foro.
    El gobernador de Missouri : Peter Kinder  dara un discurso durante la comida.
    El calendario de eventos de este Forum de la Nasa en St. Louis es:
    – 9:00am Bienvenida por Doug King, Presidente y CEO de Centro de Ciencias de Saint. Louis.
    09:15 am Discurso principal por Shana Dale, administrador adjunto de la NASA
    09:45 am Discurso por Carl Walz. NASA
    10:30 am  atencion a los medios de informacion Prensa (preguntas y respuestas).
    10:45 am:  Panel de Inspiracion, Inovacion y descubrimiento .,moderado por Frank Stokes. Panelistas incluyen a :
  • Mark Wrighton, Chancellor, Washington University, St. Louis
  • Gregg Maryniak, Director, James S. McDonnell Planetarium
  • Daryl G. Pelc, Vice President, Engineering and Technology for Advanced Systems, Boeing
  • Willem Bakker, President, Technology Entrepreneur Center, St. Louis
  • Tom Jones, NASA astronaut and author
  • – 12:15 p.m.: Comida con presentacion del Gobernador Peter Kinder.
    – 1:15 p.m.:  Presentacion del Centro de Ciencias de Saint Louis:La Historia de St. Louis y el Programa espacial.
    – 2:30 p.m.:  clausura del Foro.
    Mas informacion de Forums por el 50 aniv. de la Nasa en:
    Informacion biografica completa de Dale in:

    http://www.nasa.gov/about/highlights/dale_bio.html

    Mas informacion sobre el Centro de Ciencias de St. Louis, MO:

    http://www.slsc.org

    Mas informacion sobre este Foro:

     
    Mi viaje a este Centro de Ciencias en Picasa:

     

    Supernovas – Boletim Brasileiro de Astronomia – Ed. 453‏

    SUPERNOVAS – BOLETIM BRASILEIRO DE ASTRONOMIA –
    http://www.boletimsupernovas.com.br/

    Quinta-feira, 20 de Marco de 2008 – Edicao No. 453

    Indice:

    _ IV EINA E I CONAST
    _ ASTROBIOLOGIA E’ TEMA DE COLOQUIO NO CBPF
    _ PLANETARIO INFLAVEL E’ ATRACAO NO MUSEU DE ASTRONOMIA
    _ CARLOS GANEM E’ NOMEADO COMO PRESIDENTE DA AGENCIA ESPACIAL BRASILEIRA
    _ REVISTA CLICKCIENCIA TRATA SOBRE COSMOLOGIA EM SUA 10ª EDICAO
    _ CENTRO DE LANCAMENTO DE ALCANTARA SERA’ O ESPACOPORTO MAIS
    IMPORTANTE DA AMERICA LATINA
    _ MORRE ARTHUR C. CLARKE, AUTOR DE ‘2001, UMA ODISSEIA NO ESPACO’
    _ CASSINI – ESPACONAVE ATRAVESSOU OS JATOS LIQUIDOS DA LUA DE SATURNO
    _ ASTRONAUTAS DO ENDEAVOUR CONCLUEM PRIMEIRA CAMINHADA ESPACIAL
    _ PLANETAS PODEM DAR FORMA ‘AS NEBULOSAS PLANETARIAS
    _ NOVA DESCOBERTA EM JUPITER PODE PROTEGER SATELITES EM ORBITA DA TERRA
    _ FABRICA DE OXIGENIO NUMA GALAXIA PROXIMA
    _ ENCONTRADOS GRAOS DE AREIA AO REDOR DE ESTRELAS DISTANTES
    _ METEORITOS PODEM TER SIDO UMA RICA FONTE PARA O CALDO PRIMORDIAL
    _ ENCONTRADOS COMPOSTOS ORGANICOS E AGUA ONDE NOVOS PLANETAS PODEM CRESCER
    _ EVENTOS
    _ EFEMERIDES PARA A SEMANA

    ———————————————————-
    ASTRONOMIA NO BRASIL
    ———————————————————-

    IV EINA E I CONAST
    18/03/2008. O IV Encontro Interestadual Nordestino de Astronomia – IV
    EINA – e o I Concurso Nordestino de Astrofotografia – I CoNAst –
    acontecem nos dias 02 e 03 de Maio de 2008 no CEFET em Joao Pessoa,
    PB. Inscricoes para IV EINA no site: http://www.apapb.com/iveina/.
    Valor: 30 reais, ate’ o dia 15/04/2008. E as inscricoes para o I
    CoNAst podem ser feitas pelo site: http://www.apapb.com/iveina/.
    Valor: 1 real durante o credenciamento. Os eventos sao realizados pela
    APA – Associacao Paraibana de Astronomia, tendo previstas as seguintes
    atividades: palestras, sessoes orais, paineis, oficinas, observacao do
    ceu, concurso de astrofotografia, sessao no planetario e apresentacoes
    culturais. Os inscritos de fora de Joao Pessoa terao direito a almoco
    e jantar. Sera’ oferecido alojamento para estudantes numa escola
    proxima ao CEFET-PB. ( Fonte: Caio Correia )
    Ed: AM

    ASTROBIOLOGIA E’ TEMA DE COLOQUIO NO CBPF
    17/03/2008. Criada ha’ menos de 10 anos, disciplina une estudos de
    astronomia, geologia e biologia com o intuito de investigar as
    origens, distribuicoes e evolucao da vida. O que e’ a vida? Como
    surgiu a vida na Terra? O que as observacoes astrofisicas nos dizem
    sobre o presente e o futuro da vida na Terra? Que tipo de ambientes
    podem estimular o surgimento de organismos vivos? Como podemos
    determinar se existe vida em outros planetas? Com que frequencia
    podemos esperar encontrar vida complexa no Universo? Em que consiste a
    vida em outros planetas? Essas sao algumas questoes que o professor
    Wolfgang Kundt lanca, amanha’ (18/3), no auditorio do 6º andar do
    Centro Brasileiro de Pesquisas Fisicas (CBPF/MCT), em coloquio sobre
    Astrobiologia. A disciplina surgiu ha’ menos de 10 anos e combina o
    estudo de aspectos da astronomia, biologia e geologia para investigar
    as origens, distribuicao e evolucao da vida. Diretor da Erice School
    of Nuclear Physics desde 1985, o professor Kundt tem mais de 250
    artigos publicados nas areas de fisica, astrofisica, cosmologia e
    areas afins, alem de participar regularmente de atividades academicas
    na Europa e na Asia. Durante o mes de marco, o professor participa de
    atividades academicas no CBPF ( Fonte: Assessoria de Comunicacao do MCT )
    Ed: CE

    PLANETARIO INFLAVEL E’ ATRACAO NO MUSEU DE ASTRONOMIA
    18/03/2008. No proximo sabado, dia 22, publico podera’ visitar cupula
    que simula o ceu noturno; Entrada e’ gratuita. No proximo sabado, dia
    22 de marco, um Planetario Inflavel estara’ `a disposicao dos
    visitantes do Museu de Astronomia e Ciencias Afins (Mast). A cupula
    projeta a simulacao de uma noite estrelada, o que permite ao publico
    aprender sobre o ceu e seus movimentos. O evento comeca `as 16h. Com
    3,2 metros de altura e 6,4 m de diametro, o planetario comporta ate’
    30 pessoas em cada apresentacao. O objetivo da atividade e’ explicar
    como funciona a dinamica dos movimentos celestes, alem de apresentar
    os planetas do sistema solar e a mitologia grega associada `as
    constelacoes. Ainda no sabado, logo apos a simulacao na cupula
    inflavel, e’ hora de observar o ceu “de verdade”. A partir das 18h, o
    publico conhece galaxias, estrelas e planetas atraves de telescopios e
    lunetas. A entrada tambem e’ franca. A observacao do ceu desenvolve-se
    em duas partes. A primeira prepara o publico atraves da projecao de
    videos com temas astronomicos. Na segunda, os visitantes vao para a
    area externa do Museu e observam, atraves de grandes telescopios, uma
    serie de astros, como aglomerados de estrelas, nebulosas, estrelas
    duplas, planetas e a Lua. Um astronomo ou monitor especializado conduz
    a observacao e esclarece duvidas. A observacao e’ realizada todas as
    quartas e sabados, sempre de 18h `as 20h. A programacao de final de
    semana no Mast nao para por ai’. No domingo, dia 23, `as 16h, sera’
    realizada a oficina “Faca Voce’ Mesmo”. Nela, o visitante e’ convidado
    a construir diferentes aparatos cientificos, como bussolas e relogios
    solares. E o melhor, cada um pode levar para casa o aparato que
    construiu. Site: http://www.mast.br/ ( Fonte: Assessoria de
    Comunicacao do Mast )
    Ed: CE

    CARLOS GANEM E’ NOMEADO COMO PRESIDENTE DA AGENCIA ESPACIAL BRASILEIRA
    19/03/2008. A AEB (Agencia Espacial Brasileira) ganhou anteontem
    (17/3) um presidente, apos oito meses sendo gerida interinamente. O
    novo chefe da instituicao e’ o economista Carlos Ganem, hoje
    superintendente da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), dono de
    vasta experiencia em politica cientifica, mas nao na area espacial.
    “Do ponto de vista da habilitacao eu sou um “pato fora d’agua”, mas do
    ponto de vista da adequacao eu talvez seja a pessoa certa”, disse
    Ganem `a Folha em fevereiro, quando sua nomeacao ainda nao tinha
    saido. Ontem (18/3), um dia apos ser chancelado pelo presidente Lula,
    Ganem retificou a declaracao: “A expressao usada dessa forma pode
    levar a um equivoco. Eu disse que era um “pato novo” porque estava
    entrando numa area completamente nova (…) em que eu via cenarios
    bastante desafiadores”. Desafios nao faltam. Ganem substituira’ o
    engenheiro Miguel Henze, presidente-interino desde a saida de Sergio
    Gaudenzi, que passou a dirigir a Infraero em agosto de 2007. O novo
    presidente da AEB nao tem filiacao partidaria, mas ja’ trabalhou com o
    ministro da Ciencia e Tecnologia, Sergio Rezende, e com o ex-ministro
    Roberto Amaral -ambos do PSB. Como heranca de gestoes anteriores,
    Ganem encontra atrasos no projeto VLS (Veiculo Lancador de Satelites)
    e na construcao da infra-estrutura que servira’ `a empresa binacional
    Alcantara Cyclone Space para lancar satelites desde Alcantara (MA),
    com foguetes ucranianos. Mesmo assim, ja’ anuncia uma agenda. “Existe
    uma parcela de conquista no mercado de lancamentos que o Brasil
    seguramente estara’ pronto para fazer a partir de junho de 2010”, diz.
    Mesmo defendendo a parceria com a Ucrania, Ganem diz que o VLS tambem
    tem importancia estrategica. “O mercado se apresenta extremamente
    oportuno para nacoes que puderem desenvolver o “ciclo completo’: o
    sitio de lancamento, o foguete e o satelite”, diz. O atraso no VLS se
    deve sobretudo ao incendio da plataforma de lancamento em 2003
    -acidente que matou 21 pessoas em Alcantara-, mas ha’ tambem entraves
    no Tribunal de Contas da Uniao, que tem rejeitado os editais de
    licitacao para novas obras no local. “Foi feita uma proposta de
    licitacao submetida `a corte do tribunal de contas e ela recebeu
    algumas recomendacoes. Foi lancada de volta sob um outro numero e, de
    novo, recebeu recomendacoes de paralisacao”, afirma Ganem, que diz ja’
    estar prestando esclarecimentos ao TCU sobre a importancia de acelerar
    os trabalhos. “Voce’ ha’ de convir que, com um projeto apreciado
    naquela corte paralisado por um ano e seis meses -e com uma
    instituicao como a AEB com um presidente interino por oito meses-, nao
    ha’ ninguem que havera’ de atribuir um grau de importancia e
    priorizacao a essas atividades.” Outro desafio e’ resolver a equacao
    da divisao de verbas entre um programa de desenvolvimento de satelites
    e outro de foguetes -poucos paises ja’ criaram tecnologia de
    lancadores sem ajuda orcamentaria do setor militar. Ganem sugere que o
    VLS deve continuar tendo participacao da Aeronautica, mas com
    financiamento civil. “Dizer aleatoriamente que o dinheiro de um
    veiculo lancador estaria melhor na mao de militares e’ um risco”, diz.
    ( Fonte: Rafael Garcia, Folha de SP )
    Ed: CE

    REVISTA CLICKCIENCIA TRATA SOBRE COSMOLOGIA EM SUA 10ª EDICAO
    20/03/2008. Cosmologia. Este e’ o tema da 10ª edicao da revista
    digital de divulgacao cientifica ClickCiencia da UFSCar. A reportagem
    principal, intitulada “Teoria das Cordas e o Big Bang: o inicio, o fim
    e o meio”, trata sobre o evento ocorrido ha’ 14 bilhoes de anos e que
    deu origem ao Universo. A nova edicao entrou no ar na sexta-feira, dia
    14 de marco. A reportagem sobre o inicio do Universo percorre o debate
    que alimenta as teses de cientistas. Quais sao as novas hipotese
    surgidas a partir da Teoria do Big Bang? Em que a Teoria das Cordas
    contribui para aprofundar esse debate? Na secao de entrevistas, o
    fisico Marcelo Gleiser comenta o tema da radiacao cosmica. No texto,
    intitulado “Cosmologia Observacional: a radiacao cosmica de fundo em
    microondas”, e’ explorada essa radiacao que foi emitida quando o
    Universo tinha “apenas” cerca de 350 mil anos. O leitor podera’
    encontrar varias informacoes sobre essa radiacao, que e’ responsavel
    pelos chuviscos que aparecem esporadicamente em nossos televisores.
    Entre as resenhas, o professor Adilson de Oliveira, do Departamento de
    Fisica da UFSCar, escreve sobre as intrincadas conexoes entre o
    espaco, tempo e a realidade. Outra resenha trata sobre a obra “A
    Divulgacao da Ciencia como Literatura”, da fisica mexicana Ana Maria
    S. Mora. O livro propoe uma nova visao da divulgacao cientifica,
    criada nao apenas para comunicar os avancos da Ciencia, mas tambem
    para estabelecer um dialogo com o leitor. Para isso, a fisica defende
    o uso de recursos linguisticos e a sensibilidade humana presentes na
    Literatura. A revista digital ClickCiencia poder ser acessada no
    endereco http://www.clickciencia.ufscar.br. ( Fonte: UFSCar )
    Ed: CE

    CENTRO DE LANCAMENTO DE ALCANTARA SERA’ O ESPACOPORTO MAIS IMPORTANTE
    DA AMERICA LATINA
    07/03/2008. O Centro de Lancamento de Alcantara (CLA) devera’ se
    tornar o mais importante espacoporto da America Latina ate’ 2022. De
    acordo com o presidente da Agencia Espacial Brasileira (AEB/MCT),
    Miguel Henze, a ideia e’ que partir CLA sejam realizados lancamentos
    nacionais e comerciais. Ainda segundo o presidente da Agencia, o
    centro tambem podera’ contribuir para a estruturacao de polos
    industriais, cientificos e tecnologicos na regiao. Segundo Henze, o
    maior projeto do Governo Federal para a regiao Norte-Nordeste e’ a
    criacao do Centro Espacial de Alcantara (CEA). ( Fonte: AgenciaCT – MCT )
    Ed: GMM

    ———————————————————-
    ASTRONOMIA NO MUNDO
    ———————————————————-

    MORRE ARTHUR C. CLARKE, AUTOR DE ‘2001, UMA ODISSEIA NO ESPACO’
    18/02/2008. O escritor de ficcao cientifica Arthur C. Clarke, 90 anos,
    morreu esta noite de problemas cardiorrespiratorios. A informacao e’
    do assistente dele, Rohan de Silva. Clarke e’ autor de mais de 100
    livros, incluindo “2001, uma Odisseia no espaco”. Clarke vivia em
    Colombo, no Sri Lanka, desde 1956 e gostava de exploracoes submarinas
    ao longo da costa enquanto a saude permitiu. Nos ultimos anos, ele
    estava confinado a uma cadeira de rodas ,devido a uma sindrome
    pos-polio, mas continuou a escrever normalmente. Ele ficou
    mundialmente conhecido depois do filme “2001, uma odisseia no espaco”
    (1968) do diretor Stanley Kubrick. As conversas com o diretor
    comecaram em 1964, antes de ele escrever o livro, sobre um epico que
    ia da alvorada do homo sapiens a um ponto final da evolucao, uma
    jornada de milhoes de anos monitorada por seres extraterrestres muito
    avancados que plantaram a semente da inteligencia no homem primitivo e
    monitoraram seu progresso atraves de sensores em forma de monolito.
    Outro livro popular e premiado, “Rendezvous with Rama”, vai chegar ao
    cinema em 2009 com a direcao de David Fincher e Morgan Freeman `a
    frente do elenco. Em 1985, ele publicou uma sequencia, “2010: odisseia
    dois”, que chegou ao cinema como “2010, o ano em que faremos contato”,
    sob direcao de Peter Hyams, em colaboracao com o autor atraves de
    links de computadores. Houve mais duas sequencias, “2061: Odisseia 3”
    (1988) e “3001: A odisseia final”. Arthur Charles Clarke nasceu na
    cidade litoranea de Minehead em Somerset, Inglaterra, em 16 de
    dezembro de 1917 de uma familia de fazendeiros. Apos estudar os
    primeiros anos em sua cidade natal, mudou-se para Londres em 1936,
    onde entrou para a Sociedade Interplanetaria Britanica. La’ comecou
    seus escritos de ficcao cientifica, mas a Segunda Guerra Mundial o
    levou para a Real Forca Aerea, designado para trabalhar em novos
    sistemas experimentais de radares. Em 1945, a revista britanica
    “Wireless world” publicou um paper de Clarke, chamado de
    “Transmissores extraterrestres”, em que apresentava os principios da
    comunicacao por satelites em orbitas geoestacionarias, algo que so’
    comecou a se concretizar nos anos 60. Ele trabalhou com cientistas e
    engenheiros americanos no desenvolvimento de naves e de sistemas de
    lancamento. Clarke recebeu varios premios por sua visao pioneira e a
    orbita geoestacionaria a 36 mil quilometros de altura onde estao os
    satelites foi batizada pela Uniao Astronomica Internacional de “Orbita
    Clarke”. Depois da guerra, Clarke entrou em 1946 no King’s Colege em
    Londres, formando-se com distincao em Fisica e Matematica apenas dois
    anos. Em 1954, ele apresentou projetos sobre o uso de satelites para a
    previsao do tempo ao chefe da divisao cientifica do Servico Nacional
    de Meteorologia, Harry Wexler, que liderou os esforcos para o
    desenvolvimento das ideias de Clarke. A primeira historia que ele
    vendeu foi “Rescue party” para a revista “Astounding Science”,
    publicada em maio de 1946. No livro de ficcao “Profiles of the
    future”, de 1962, ele elaborou suas “tres leis” para a antecipacao do
    futuro, a saber. 1. Quando um respeitado mas idoso cientista diz que
    algo e’ possivel, ele esta’ com certeza quase certo. Quando diz que
    algo e’ impossivel, esta’ provavelmente errado; 2. A unica maneira de
    descobrir os limites do possivel e’ se aventurar nos dominios do
    impossivel; 3. Qualquer tecnologia suficientemente avancada e’
    indistinguivel da magica. ( Fonte: O Globo )
    Ed: CE

    CASSINI – ESPACONAVE ATRAVESSOU OS JATOS LIQUIDOS DA LUA DE SATURNO
    13/03/2008. A espaconave fez um ousado sobrevoo sobre a lua de Saturno
    Enceladus na quarta-feira, 12 de marco, voando a cerca de 15
    quilometros por segundo (32.000 milhas por hora) atraves dos jatos de
    agua congelada, tipo geiseres. A espaconave coletou preciosas amostras
    que podem apontar para existencia de um oceano de agua ou de
    substancias organicas dentro da pequena lua. Os cientistas acreditam
    que os geiseres possam fornecer evidencias de que a agua liquida esta’
    aprisionada debaixo da crosta fria de Enceladus. Os geiseres que
    emanam das fraturas que existem ao longo do polo sul da lua, ejetam
    vapor de agua a aproximadamente 400 metros por segundo (800 milhas por
    hora). ( Fonte:
    http://www.nasa.gov/mission_pages/cassini/media/cassini-20080313.html )
    Ed: GMM

    ASTRONAUTAS DO ENDEAVOUR CONCLUEM PRIMEIRA CAMINHADA ESPACIAL
    14/03/2008. Primeiro segmento de modulo japones foi instalado na ISS.
    Os astronautas Rick Linnehan e Garrett Reisman concluiram hoje com
    sucesso a primeira caminhada da missao STS-123 do Endeavour, na qual
    instalaram o primeiro segmento do modulo cientista japones Kibo na
    Estacao Espacial Internacional (ISS). Linnehan e Reisman retornaram `a
    plataforma orbital apos sete horas no espaco aberto. Esta foi a
    primeira das cinco caminhadas espaciais previstas na missao de 16 dias
    da nave, informou a agencia russa RIA Novosti. A caminhada terminou
    oficialmente `as 5h19min (horario de Brasilia), com o comeco da
    pressurizacao do compartimento de embarque por onde tinham saido para
    o espaco. ( Fonte: EFE )
    Ed: GMM

    PLANETAS PODEM DAR FORMA ‘AS NEBULOSAS PLANETARIAS
    10/03/2008. Astronomos da Universidade de Rochester, lar de uma das
    maiores equipes de especialistas do mundo em nebulosas planetarias,
    anunciaram que estrelas de baixa massa e talvez, inclusive, planetas
    do tamanho de Jupiter podem ser os responsaveis por criar alguns dos
    objetos mais surpreendentes do ceu. ( Fonte:
    http://www.rochester.edu/news/show.php?id=3123 )
    Ed: JG

    NOVA DESCOBERTA EM JUPITER PODE PROTEGER SATELITES EM ORBITA DA TERRA
    09/03/2008. As ondas de radio aceleram os eletrons dentro do campo
    magnetico do planeta Jupiter da mesma forma como acontece na Terra,
    segundo comunicado por uma nova pesquisa publicada na revista Nature
    Physics. Essa descoberta torna invalida a teoria sustentada durante
    mais de uma geracao e tem importantes implicacoes para a protecao dos
    satelites em orbita ‘a Terra. ( Fonte:
    http://www.antarctica.ac.uk/press/press_releases/press_release.php?id=350
    )
    Ed: JG

    FABRICA DE OXIGENIO NUMA GALAXIA PROXIMA
    12/03/2008. O observatorio de raios X Chandra publicou, na semana
    passada uma imagem que mostra os detritos da explosao de uma estrela
    massiva na Grande Nuvem de Magalhaes, uma pequena galaxia que fica a
    uns 160.000 anos-luz da Terra. O remanescente de supernova que aparece
    na imagem, N132D, e’ o mais brilhante nas Nuvens de Magalhaes e
    pertence a uma rara classe de remanescentes ricos em oxigenio. A maior
    parte do oxigenio que respiramos na Terra acredita-se proceda de
    explosoes similares com a da imagem. ( Fonte:
    http://chandra.harvard.edu/photo/2008/n132d/ )
    Ed: JG

    ENCONTRADOS GRAOS DE AREIA AO REDOR DE ESTRELAS DISTANTES
    12/03/2008. Numa descoberta que esclarece a forma em que os planetas
    como a Terra podem ser formados, uma equipe de astronomos informou a
    descoberta da primeira evidencia de pequenas particulas de areia em
    orbita a um sistema protoplanetario recem nascido, aproximadamente na
    mesma distancia que a Terra ao redor do Sol. ( Fonte:
    http://www.media.rice.edu/media/NewsBot.asp?MODE=VIEW&ID=10707&SnID=1121316679
    )
    Ed: JG

    METEORITOS PODEM TER SIDO UMA RICA FONTE PARA O CALDO PRIMORDIAL
    13/03/2008. O caldo organico que deu origem `a vida na Terra pode ter
    recebido ajuda do espaco, segundo novo estudo. Cientistas da
    Instituicao Carnegie descobriram concentracoes de aminoacidos em dois
    meteoritos, os quais tem 10 vezes os niveis daquilo que se conseguiu
    medir em meteoritos similares. Esse resultado sugere que o Sistema
    Solar inicial esteve mais enriquecido em blocos organicos com os quais
    se constroi a vida do que os cientistas consideravam anteriormente e
    que cairam na Terra primitiva procedentes do espaco exterior. ( Fonte:
    http://www.ciw.edu/news/meteorites_rich_source_primordial_soup )
    Ed: JG

    ENCONTRADOS COMPOSTOS ORGANICOS E AGUA ONDE NOVOS PLANETAS PODEM CRESCER
    13/03/2008. Pesquisadores que usam o Telescopio Espacial Spitzer, da
    NASA, descobriram grandes quantidades de gases organicos simples e
    vapor de agua numa regiao de possivel formacao planetaria ao redor de
    uma estrela jovem, junto com as provas de que essas moleculas foram
    criadas ai’. Tambem encontraram agua na mesma regiao ao redor de
    outras duas estrelas jovens. ( Fonte:
    http://www.jpl.nasa.gov/news/news.cfm?release=2008-042 )
    Ed: JG

    ———————————————————-
    EFEMERIDES PARA A SEMANA
    ———————————————————-
    20/03/2008 a 29/03/2008
    Efemerides dia-a-dia
    Ed: RG

    20 de Marco
    Chuveiro Theta Virginids em maxima atividade na madrugada de 20/21
    Equinocio 02:48
    Io (5.7 mag), inicio de Sombra 04:58
    Luz zodiacal sobre horizonte Este 05:01

    21 de Marco
    Io (5.7 mag), Inicio de Eclipse 02:19
    Venus em Afelio 12:11
    Lua Cheia 15:40

    22 de Marco
    Ganymed (5.3 mag), inicio de Transito 00:58
    Io (5.7 mag)final de Sombra 01:41
    Io, final de Transito 02:56
    Ganymed, Final de Transito 04:05
    Plutao em Maxima fase angular 06:09

    23 de Marco
    Cometa 113P Spitaler em perielio a 2.128 UA do Sol, Elongacao =42.7° 07:03
    Mercurio e Venus em conjuncao a 1.0°) de separacao 07:13
    Cometa 26P Grigg-Skjellerup e, perielio a 1.117AU do Sol e a 0.559 UA
    da Terra, Elongacao =87.0° 13:05

    24 de Marco
    Mercurio em Conjuncao com Venus a 58.1′ de separacao 10:29

    25 de Marco
    Jupiter -2.2mag, nasce em Sagitario 00:34
    Saturno, Ocaso em Leao 03:57
    Venus -3.9mag mais bem visto em Aquario 04:08
    Mercurio -0.3mag em Aquario mais bem observado de 04:08 a 05:08

    26 de Marco
    Europa (6.2 mag), inicio de sombra 02:00
    Europa, inicio de Transito 04:30
    Lua em Libracao Norte 04:35
    Europa, final de sombra 04:41
    Lua em Apogeu 17:07

    27 de Marco
    Mercurio e Urano em Conjuncao AR separados a 1°45′ 06:55
    Venus Estacionario, inicia movimento Retrogrado 08:07
    Mercurio e Urano separados a 1.6°) 17:01

    28 de Marco
    Lancamento: Vinasat 1 Ariane 5
    Europa (6.2 mag), Reaparece da Ocultacao 01:30
    Io (5.6 mag), Inicio de Eclipse 04:12
    Venus e Urano em Conjuncao AR, separados a 0°45′ 14:02
    Venus e Urano separados a 41.2′ 19:49

    29 de Marco
    Io (5.6 mag), inicio de Sombra 01:20
    Io, Inicio de Transito 02:37
    Ganymed (5.2 mag) Final de Sombra 02:57
    Io, finam de Sombra 03:35
    Io, Final de Transito 04:52
    Ganymed Inicio de Transito 05:05
    Lua Quarto Minguante 18:47

    ———————————————————-
    GLOSSARIO
    ———————————————————-

    Os verbetes deste Glossario foram extraidos do Astro.dic –
    Dicionario de Astronomia e Areas Afins, que disponibiliza todo seu
    conteudo no Site: http://www.ceaal.al.org.br/astrodic/
    Ed: LL

    ———————————————————-
    Supernovas – Boletim Brasileiro de Astronomia, e’ uma publicacao
    semanal em forma de boletim eletronico, via e-mail, estruturado em
    diferentes Editorias e elaborado pela comunidade astronomica
    profissional e amadora brasileira com o objetivo de ampliar a
    divulgacao de informacoes sobre a Astronomia no Brasil e no mundo.
    Semanalmente, ele e’ enviado a aproximadamente 10000 interessados.
    Informacoes gerais sobre Astronomia e Ciencias afins podem ser
    encontradas no site do Boletim na Internet, no endereco:
    http://www.boletimsupernovas.com.br/
    Para receber semanalmente o Boletim, envie um e-mail para
    <boletimsupernovas-subscribe@yahoogroups.com> e para deixar de
    assina-lo envie um e-mail para
    <boletimsupernovas-unsubscribe@yahoogroups.com>. Nao e’ necessaria
    nenhuma informacao no corpo desses e-mails.
    Devido a limitacoes de diversos provedores de e-mails, a acentuacao
    grafica das edicoes sao omitidas.
    Informacoes, sugestoes e criticas podem ser encaminhadas aos
    editores, abaixo relacionados:

    Site: http://www.boletimsupernovas.com.br
    E-mail: boletim@boletimsupernovas.com.br

    Editores Chefes:
    Angela Minatel (AM): <angela@boletimsupernovas.com.br>
    Beatriz Ansani (BVA): <beatriz@boletimsupernovas.com.br>
    Carlos Eduardo Contato (CE): <cadu@boletimsupernovas.com.br>
    Jorge Honel (JH): <honel@boletimsupernovas.com.br>
    Marcelo Breganhola (MB): <breganhola@boletimsupernovas.com.br>

    Editores de Astronomia no Brasil:
    Alexandre Amorim (AA): <amorim@boletimsupernovas.com.br>
    Carlos Eduardo Contato (CE): <cadu@boletimsupernovas.com.br>
    Ednilson Oliveira (EO): <ednilson@boletimsupernovas.com.br>
    Edvaldo Trevisan (EJT): <edvaldo@boletimsupernovas.com.br>
    Geovani Marcos Morgado (GMM): <geovani@boletimsupernovas.com.br>
    Kepler Oliveira (KO): <kepler@boletimsupernovas.com.br>
    Marcelo Breganhola (MB): <breganhola@boletimsupernovas.com.br>

    Editores de Astronomia no Mundo:
    Jaime Garcia (JG): <jaime@boletimsupernovas.com.br>

    Editor de Efemerides:
    Rosely Gregio (RG): <rosely@boletimsupernovas.com.br>

    Editor do Glossario:
    Luiz Lima (LL): <lima@boletimsupernovas.com.br>

    Pane impede nave de coletar dados de lua de Saturno‏

    Pane impede nave de coletar dados de lua de Saturno

    da Folha de S.Paulo
    Fonte – http://www.folha.com.br
    http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u382340.shtml
    5/03/2008 – 20h52

    Um defeito de software impediu que um instrumento-chave da sonda
    Cassini coletasse dados durante a passagem por uma pluma expelida por
    gêiseres em uma lua de Saturno, afirmou a Nasa (agência espacial
    americana).

    A Nasa minimizou o problema, chamando-o de um “soluço inexplicado de
    software”. Mas a pane impediu o analisador de poeira cósmica (CDA, na
    sigla em inglês) da Cassini de operar durante cerca de duas horas,
    enquanto a sonda sobrevoava o satélite Encélado.

    Um dos principais objetivos do sobrevôo era justamente analisar o
    tamanho, a composição, a densidade e a velocidade das partículas de
    gelo e poeira que a atividade no pólo Sul de Encélado lança no espaço.
    Para isso o CDA era fundamental.

    O gerente do programa Cassini, Bob Mitchell, disse que o instrumento
    não coletou dado algum enquanto a Cassini sobrevoava a pluma dos
    gêiseres, processo que durou menos de um minuto. “Nós havíamos testado
    o software com muito cuidado. Não sabemos por que não funcionou direito.”

    O cientista responsável pelo CDA, o alemão Sascha Kempf, disse à Folha
    que o que aconteceu não foi “exatamente uma pane”. Segundo ele, o que
    os cientistas tentaram fazer foi executar um comando que aumentasse em
    50% a eficiência da transferência dos dados do analisador, para que o
    pessoal na Terra tivesse o máximo possível de informação sobre as
    partículas coletadas na pluma.

    “Dessa vez, no entanto, a execução do comando interferiu na atividade
    da espaçonave”, contou. O instrumento foi forçado a interromper a
    transferência de dados, e aí “deu pau”. “Devido a essa seqüência de
    eventos altamente improvável, nós não registramos dados do sobrevôo”,
    disse Kempf.

    Segundo a Nasa, os outros instrumentos a bordo da Cassini funcionaram
    direito e coletaram todos os dados que precisavam coletar. A agência
    disse que eles ajudarão a elucidar “o ambiente da pluma de Encélado”.
    Além disso, durante sua aproximação máxima –a sonda chegou a 52
    quilômetros da superfície de Encélado–, ela obteve a fotografia mais
    próxima já feita do norte da lua.

    Foi um sucesso agridoce, no entanto, já que todo o planejamento da
    missão –que envolvia riscos– visava analisar as partículas da pluma.

    Essa atividade geológica, detectada pela primeira vez em 2005, era
    inesperada num corpo celeste tão pequeno (com apenas 500 km de diâmetro).

    Os gêiseres, que lançam gelo, gás e pó a mais de 700 km de altitude,
    devem ser produzidos por uma fonte de água quente debaixo da crosta de
    gelo da lua. A presença de água líquida abre a possibilidade da
    existência de micróbios em Encélado.

    Kempf não se dá por derrotado pela pane: ele diz esperar repetir a
    medição em agosto, quando a Cassini fará outro sobrevôo da lua
    misteriosa.