Eclipse Lunar Total de 20 e 21/02/2008, Maceió – AL


A Lua na Totalidade do Eclipse.


       As Observações Públcas é uma iniciativa do Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas, CEAAL, que tem por objetivo a divulgação da Astronomia através de observações celestes com telescópio no pátio da Usina Ciência da UFAL.      Nos dias 20 e 21 de fevereiro, quarta e quinta-feira, realizamos uma Observação Pública especial: A observação Pública do Eclipse Lunar Total. Realizamos esta atividade no pátio da Usina Ciência da UFAL , na Rua Aristeu de Andrade, 452, Farol, Maceió, Alagoas.
       Nossos objetivos para a observação foram: Participar do esfôrço de divulgação da ciência ; das comemorações do Ano Internacional da Astronomia em 2009 e Colaborar com o projeto de Observação do Eclipse Lunar da Rede de Astronomia Observacional (Vital, H. – REA 2008).

      Iniciamos a montagem dos equipamentos as 21:00 h. Utilizamos Dois SCT 8″, um Newtoniano 170 mm f/8 e binóculos. Montamos um mesa com notebook, webcam e TV 29″. Pretendíamos acoplar uma câmera de vídeo no refrator de 50 mm (luneta) a TV 29″, mas tivemos problemas com a fixação e focalização, o que nos fez desistir da montagem. Ao Notebook acoplamos uma webcam Vesta a um dos SCT 8″ (Tenório), conseguimos fazer algumas imagens e vídeos. Utilizamos o telescópio newtoniano (Genival) e o SCT 8″ (Schiell) para a observação direta do público em geral.

      Durante toda a fase inicial do Eclipse das 21:30 até a totatildade as 00:00 h os visitantes foram chegando à Usina Ciência. A atmosfera apresentava-se pouco instável com cobertura parcial de nuvens baixas (cúmulos). As 23:30 h o tempo fechou e uma chuva rápida ocorreu. Uma equipe de jornalistas chegou no exato momento em que começava a chover. Por volta das 23:45 h, as condições atmosféricas melhoraram, permitindo-nos observar o instante inicial da totalidade em meio a entrevista . As 00:01h ocorre a totalidade e o céu limpa. Permanecemos observando e registrando o eclipse até o fim da totalidade, quando o cansaço e os compromissos do dia que iniciava, nos fizeram encerrar a atividade. Recolhemos os instrumentos as 01:20 h.

      Apesar do problema com o cojunto TV-Câmera-Refrator e da rápida precipitação, a atividade foi muito positiva. Atendemos a pelo menos 27 (vinte e sete visitantes, assinaturas colhidas), à imprensa e realizamos estimativas do Grau de Danjon e Magnitude do eclipse para o projeto da REA. O Eclipse em si, foi especialmente belo. A lua quando na totalidade assumiu um aspecto avermelhado, com tons variando do marrom a um vermelho alaranjado.

Sic Itur Ad Astra!

Título Projeto Observações Públicas do CEAAL
Eclipse Lunar Total 220,21/02/08
Local Usina Ciência UFAL, Maceió, Alagoas
Coordenador Adriano Aubert S. Barros
Data 20,21/02/2008
Horário Início 21:00 h Término 01:30 h
Público Atendido 36 participantes( 27 visitantes + 9 membros do CEAAL)
Realização Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas, CEAAL
Parceiros Usina Ciência / PROEX / UFAL
Secretaria de Estado da Educação e dos Esportes-SEE-AL
Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação-SECTI-AL
Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas – FAPEAL

Mais Fotos.











lunar phases
 

Anúncios

Eclipse lunar foi observado de diversos pontos do país; veja fotos

Satélite foi totalmente coberto pela sombra da Terra às 00h01.
No Rio de Janeiro, nuvens esconderam o fenômeno.

Do G1, em São Paulo entre em contato
Os brasileiros (e o mundo) tiveram a oportunidade na noite desta quarta para quinta-feira de observar o primeiro eclipse lunar do ano. Às 3h17, a Lua terminou sua travessia pela sombra projetada pela Terra e voltou a brilhar com toda a intensidade, marcando o fim do evento celeste. O ápice do fenômeno aconteceu entre 0h01 e 0h51, quando o satélite natural ganhou uma cor avermelhada — fruto dos raios luminosos do Sol que passam de raspão pela atmosfera terrestre, são desviados e conseguem iluminar suavemente a superfície lunar.
Veja as fotos do fenômeno

Leitores do G1 mostram fotos do eclipse lunar

AFP

Montagem mostra várias fases do eclipse lunar (Foto: AFP)

Embora o término “oficial” tenha sido às 3h17, o evento deixou de ser notado nos céus a partir das 2h09, quando a parte mais intensa da sombra projetada pela Terra (chamada de umbra) deixou de atingir a Lua.

O evento pôde ser observado de todo o território nacional — ou, pelo menos, nas regiões em que as nuvens não atrapalharam.

No Rio de Janeiro, o tempo nublado ofuscou a festa preparada pelo Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast), em São Cristóvão, na Zona Norte da cidade. Ainda assim, os cerca de 200 visitantes não perderam a animação e aproveitaram para acompanhar palestras, exibição de vídeos, show de música e a observação de estrelas e planetas através do telescópio.

Em São Paulo, a chuva forte que caiu na cidade no início da noite deu uma trégua para que os paulistanos pudessem conferir o fenômeno. Por volta das 23h o céu abriu e o eclipse foi visível em boa parte da cidade.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL307886-5603,00-ECLIPSE+LUNAR+FOI+OBSERVADO+DE+DIVERSOS+PONTOS+DO+PAIS+VEJA+FOTOS.html

Minhas fotos do Eclipse Lunar Total 2 “o retorno…”

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

15

16

18

19

20

22

23

24

Nuvens ofuscam eclipse lunar no Rio

Mast preparou um evento especial para festejar o primeiro eclipse lunar de 2008.
Com condições iguais, próximo fenômeno acontece só em 2015.

Rodrigo Vianna Do G1, no Rio entre em contato

Rodrigo Vianna

G1
Apesar das nuvens, público pôde admirar o céu com o auxílio do telescópio (Foto: Rodrigo Vianna/G1)

O tão aguardado eclipse total da Lua ficou escondido atrás das nuvens no céu do Rio de Janeiro. No entanto, nem mesmo o tempo parcialmente nublado na noite desta quarta-feira (20) tirou a animação dos cariocas que visitaram o Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast), em São Cristóvão, na Zona Norte da cidade.

Com uma programação variada, o Mast preparou um evento especial para festejar o primeiro fenômeno lunar de 2008. Mesmo sem poder admirar a Lua coberta pela sombra da Terra, os cerca de 200 visitantes acompanharam palestras, exibição de vídeos, show de música e a observação de estrelas e planetas através do telescópio.

Fotografou o eclipse da Lua? Envie sua foto ao VC no G1

O evento começou por volta das 17h30 e muita gente ainda pôde admirar a Lua antes do eclipse, quando o céu ainda estava limpo. A balconista Cláudia Lemos, de 40 anos, o marido, Renato, de 40, e a filha, Lorena, de 5 anos, apreciaram juntos a noite carioca. Para Cláudia, essa foi uma grande oportunidade para conhecer e aprender sobre o universo.

“Nós recebemos um convite para estar aqui e vivenciar este momento único em nossas vidas. Antes das nuvens, pudemos ver Saturno, as estrelas e a Lua, com a sua face exuberante. É a sensação de saber que Deus existe”, disse a mãe emocionada.

 

Rodrigo Vianna

G1
Planetas e galáxias chamaram a atenção das crianças no evento (Foto: Rodrigo Vianna/G1) 

 Lua admirada

De acordo com os organizadores, o evento visava proporcionar ao público a oportunidade de admirar o fenômeno natural que, em condições iguais, só deve acontecer novamente em abril de 2015.

“A idéia era aproveitar esse dia para atrair pessoas e divulgar a astronomia. É uma boa oportunidade para o visitante associar um aprendizado com o entretenimento”, declarou Douglas Falcão, coordenador de educação e ciência do Mast.

 Viagem pelo espaço

Na parte externa do museu, o público presente ainda teve a oportunidade de ver e conhecer galáxias, estrelas e outros objetos e fenômenos estudados pela astronomia. Um funcionário especializado conduziu os visitantes entre os grandes telescópios e esclareceu dúvidas.
“É sempre bonito ver as galáxias e os planetas de perto. Aprendi muito com as palestras e estava muito ansiosa para participar das oficinas. A parte que eu mais gostei foi de admirar a Lua através do telescópio. Foi fascinante”, contou a funcionária pública Viviane Mota, de 29 anos.
O eclipse da Lua pôde ser observado de todo o território nacional e começou às 21h35 (horário de Brasília). Sua fase total ocorreu no primeiro minuto da quinta-feira (21), às 00h01.

Rodrigo Vianna

G1
Para a noite do eclipse, foram preparadas atividades especiais (Foto: Rodrigo Vianna/G1)

 Outras atividades

A observação do céu no Mast acontece semanalmente, mas para a noite do eclipse, foram preparadas atividades especiais. Uma delas foi a oficina “Eclipse em Dobradura”, que explicou o fenômeno através de dobras em papéis.
Segundo especialistas, no dia 16 de agosto, haverá um outro eclipse lunar visível de boa parte do Brasil, mas o fenômeno será apenas parcial. Dos quatro eclipses que ocorrerão em 2009, nenhum será favorável ao país.

Eclipse lunar desta noite entra em sua fase total

Satélite foi totalmente coberto pela sombra da Terra às 00h01.
Fenômeno pode ser observado em todo o país, nas cidades que tiverem céu claro.

Do G1, em São Paulo entre em contato
AFP

AFP
Em sua fase total, satélite ganha uma cor avermelhada. (Foto: AFP)

Começou a fase total do eclipse lunar desta noite. A Lua apareceu completamente imersa na sombra da Terra a partir das 0h01. Quando isso aconteceu, o satélite natural ganhou uma cor avermelhada — fruto dos raios luminosos do Sol que passam de raspão pela atmosfera terrestre, são desviados e conseguem iluminar suavemente a superfície lunar.

Veja fotos do eclipse

Essa fase dura 50 minutos. Dali em diante, é como se o tempo andasse para trás: uma pontinha da Lua começa a clarear e recupera seu aspecto habitual às 2h09. O encerramento “oficial” do fenômeno será às 3h17. O evento pode ser observado de todo o território nacional.

Minhas fotos do Eclipse Lunar Total 1ª Parte 20/02/2008

01

02

03

04

06

07

08

09

10

12

13

14

15

15

16

17

19

Eclipse total será ser visto em todo País

Nesta noite (entre quarta e quinta-feira) poderá ser visto o primeiro eclipse total do ano. A lua iniciará sua passagem pela sombra da Terra (umbra) às 22h43 da quarta-feira, no horário de Brasília. O ápice do eclipse será entre 0h01 e 0h51. Às 2h09 a lua terá saído totalmente da umbra.

Eclipse total será ser visto em todo Pa�s

Saiba aqui também se haverá algum evento organizado para a observação do fenômeno na sua cidade.

Raro

Descubra seu verdadeiro signo zodíaco

Há três modalidades de eclipses lunares: os totais, os parciais e os penunbrais. O mais raro de todos é o total e este será o que ocorrerá esta noite, ou seja, a lua ficará totalmente sob a sombra da Terra. O fenômeno poderá ser observado em qualquer lugar do planeta.

Aproveite para assistir ao fenômeno esta noite, pois o próximo ocorrerá apenas em 2010.

Rio de Janeiro

Se você mora no Rio de Janeiro não irá querer perder a oportunidade de observar este fenômeno astronômico em detalhes na Fundação Planetário, na Gávea, onde nove astrônomos estarão explicando curiosidades e vários detalhes do eclipse. Mas chegue cedo, pois serão distribuídas apenas 260 senhas aos interessados.

No Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast), que fica na Rua General Bruce, 596, bairro Imperial de São Cristóvão, a atividade irá iniciar às 17h30. Além da observação do fenômeno haverá palestras, vídeos e a observação de outros astros. A entrada é gratuita.

São Paulo

Surpresos, astrônomos encontram colossal cauda em… estrela!

No planetário do Ibirapuera (zona sul de São Paulo) haverá uma sessão especial na noite desta quarta-feira, a partir das 21h30, para os interessados em ver o eclipse total da Lua. O fenômeno será observado com vários telescópios e a imagem será projetada em telões que vão ficar fora do prédio. Se o céu estiver nublado e a observação impossibilitada, as pessoas serão convidadas a entrar no planetário para conversar sobre o assunto.

Belo Horizonte

Quem quiser observar o eclipse lunar bem de perto pode ir à praça da Assembléia, no bairro Santo Agostinho, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, onde haverá telescópios. Haverá também uma palestra sobre os “Mistérios do Universo”.

Fortaleza

Os curiosos têm a opção de observar tudo no Clube de Astronomia de Fortaleza, que fica na rua João Carvalho, 630, a partir das 19h.

Se você souber de algum evento na região que não esteja aqui listado, nos escreva agora que atualizaremos este artigo assim que possível. Envie referências, telefones e endereços, se possível.

`Super galáxia´ é um `fóssil cósmico´ que intriga astrônomos

Caso queira saber de algum evento na sua região procure o Departamento de Astronomia das Universidades locais. [Fontes: 0, 1, 2, 3]

Fonte: http://groups.tecnocientista.info/nd.asp?cod=6442