Supernovas – Boletim Brasileiro de Astronomia – Ed. 461‏

SUPERNOVAS – BOLETIM BRASILEIRO DE ASTRONOMIA –
http://www.boletimsupernovas.com.br/

Quinta-feira, 15 de Maio de 2008 – Edicao No. 461

Indice:

_ ESTUDANTES FAZEM AS PROVAS DA XI OLIMPIADA DE ASTRONOMIA E ASTRONAUTICA
_ PROGRAMA ESPACIAL BRASILEIRO: PROBLEMAS COM A PLATAFORMA MULTI-MISSAO
_ CRIANCAS FAZEM FILME DE ANIMACAO NO MUSEU DE ASTRONOMIA
_ DESEMPENHO EM OLIMPIADA DE ASTRONOMIA FAZ LIMOEIRO DO NORTE FICAR MAIS PERTO DO CEU
_ POLUICAO COSMICA OFUSCA LUZ DE GALAXIAS
_ EVENTOS
_ EFEMERIDES PARA A SEMANA

———————————————————-
ASTRONOMIA NO BRASIL
———————————————————-

ESTUDANTES FAZEM AS PROVAS DA XI OLIMPIADA DE ASTRONOMIA E ASTRONAUTICA
12/05/2008. Cerca de 500 mil estudantes, do Ensino Fundamental e do
Ensino Medio participaram desta edicao. Mais de 16 mil escolas se
mobilizaram na ultima sexta-feira (9/5), quando foram aplicadas as
provas da XI Olimpiada Brasileira de Astronomia e Astronautica, uma
realizacao da Agencia Espacial Brasileira (AEB/MCT), por meio do
programa AEB Escola, e da Sociedade Astronomica Brasileira (SAB).
Cerca de 500 mil estudantes, do Ensino Fundamental e do Ensino Medio
participaram desta edicao. Alunos com deficiencia visual tambem
participaram, ja’ que a organizacao teve o apoio da Associacao
Brasiliense de Deficientes Visuais (ABDV) e da grafica do Senado para
a confeccao das provas em braile. O objetivo da olimpiada e’ despertar
o interesse dos alunos pelas tematicas da astronomia e espacial,
envolvendo, assim, conteudo complementar do curriculo de ciencias. O
interesse pela OBA tem sido cada vez maior. No primeiro ano que o AEB
Escola passou a integrar o projeto, em 2003, participaram 76 mil
estudantes e, no ano passado, foram 350 mil inscritos. O numero de
escolas tambem aumentou, 31% em 2007, em relacao a 2006. Alem de
resolver questoes multidisciplinares que instigam o conhecimento, os
participantes da XI OBA tiveram como desafio construir um mini-foguete
didatico. As provas, tanto escrita quanto pratica, tem o objetivo de
ensinar e atrair o aluno, mais do que avaliar o conhecimento. A OBA
nao tem o carater de competicao. Por isso, as provas e as atividades
experimentais sao elaboradas de modo a minimizar as notas baixas e o
desempenho dos estudantes nao sao divulgados . Todos os participantes
recebem certificados e sao distribuidas mais de 20 mil medalhas, como
forma de valorizar o esforco dos estudantes. Para motivar os
envolvidos, sao selecionados 50 estudantes com os melhores resultados
nas questoes de Astronomia. Eles participam do XIII Ciclo de Cursos
Espaciais da Comissao de Ensino da SAB. O objetivo do curso e’ iniciar
o treinamento e a selecao da equipe que representara’ o Brasil na
Olimpiada Internacional de Astronomia do ano seguinte. Um curso de
Astronomia tambem sera’ organizado para os professores representantes
ou colaboradores da OBA, no mesmo periodo e local. Ja’ os 40
estudantes com os melhores desempenho nas questoes de Astronautica e
os campeoes da Olimpiada Brasileira de Foguetes, realizada em
paralelo, participam da Jornada Espacial. A jornada e’ um curso
avancado sobre ciencias espaciais promovido pela AEB, pelo Centro
Tecnico Aeroespacial (CTA) e pelo Instituto Nacional de Pesquisas
Espaciais (Inpe/MCT). Este evento sera’ realizado no segundo semestre
deste ano, em Sao Jose’ dos Campos (SP). Alem de aplicar as provas, a
organizacao da OBA propoe todos os anos uma atividade pratica para ser
desenvolvida em sala de aula. Com base nos registros e observacoes
feitos ao longo da realizacao dos experimentos, os participantes podem
optar por responder uma questao adicional da prova. Este ano, a
atividade pratica sera’ a construcao de um relogio estelar. Com este
experimento, os alunos aprenderao como se orientar no tempo, a partir
da posicao das estrelas. No ano passado, quase 50% das escolas
participantes fizeram a atividade experimental, a construcao de um
relogio solar. Outra atividade experimental promovida pela OBA e’ a
Olimpiada Brasileira de Foguetes (OBFOG), que este ano se realiza pela
segunda vez. A OBFOG consiste na proposicao de desafios para
construcao e lancamento de foguetes. O desafio para os estudantes das
series iniciais do Ensino Fundamental, nesta edicao, sera’ a
construcao de foguetes utilizando canudinhos plasticos, sendo
vencedores aqueles foguetes que alcancarem maiores distancias no seu
lancamento. E para o Ensino Medio, a tarefa pratica sera’ a construcao
de foguetes movidos a reacao quimica, usando frascos plasticos de
desodorante. O desafio sera’ o desenvolvimento do combustivel, a
partir da materia-prima indicada no regulamento, que podera’ ser uma
bala tipo menta ou ainda comprimidos antiacidos. Todos os
participantes receberao certificados e serao distribuidas 20 mil
medalhas. O resultado da prova da XI OBA sera’ divulgado em julho. (
Fonte: Assessoria de Comunicacao do MCT )
Ed: CE

PROGRAMA ESPACIAL BRASILEIRO: PROBLEMAS COM A PLATAFORMA MULTI-MISSAO
12/05/2008. Conhecida industria brasileira do setor aeroespacial e de
defesa esta’ com dificuldades de entregar uma das mais importantes
unidades de um dos subsistemas da Plataforma Multi-Missao (PMM), o que
estaria ocasionando atrasos no cronograma do projeto, e tambem no
trabalho de outras empresas integrantes do consorcio que desenvolve a
plataforma. A informacao que chegou ao conhecimento do blog Panorama
Espacial, vinda de diferentes fontes familiarizadas ao tema e’ de que
a empresa teria sido inclusive multada em decorrencia do atraso.
Consultado sobre o assunto, o Instituto Nacional de Pesquisas
Espaciais (Inpe), atraves de Marco Antonio Chamon, coordenador de
Gestao Tecnologica, afirmou que o contrato de desenvolvimento em
questao “corre normalmente e que a contratada nunca foi multada por
este ou qualquer outro subsistema da PMM. Alem disso, nenhum evento de
contrato foi pago sem a devida entrega e aceitacao do item contratado.
Esses contratos sao auditados pelos varios orgaos de controle do
governo, em particular o TCU [Tribunal de Contas da Uniao]”. Apesar da
posicao oficial do Inpe, negando o problema, uma das fontes ouvidas
pelo blog, que esta’ diretamente envolvida no projeto, afirmou que a
situacao atual e’ preocupante, pois o consorcio contratado para o
desenvolvimento do subsistema nao pode receber recursos financeiros se
a etapa de uma das consorciadas nao for entregue, prejudicando assim
outras empresas membro do consorcio que estao em dia com suas
obrigacoes. Nao foi possivel apurar se o atraso na entrega da unidade
e’ decorrente de dificuldades tecnologicas para o seu desenvolvimento,
ou por razoes financeiras. Quando finalizada, a PMM, projeto surgido
no final dos anos 90 sera’ um modulo de servico com subsistemas de
propulsao, suprimento de energia, telecomunicacoes e controle padrao,
compativel com uma gama de cargas uteis direcionadas a missoes
espaciais. Em outubro de 2007, numa palestra aberta ao publico
realizada na sede da Agencia Espacial Brasileira (AEB), em Brasilia,
foi divulgado que a plataforma estaria disponivel em meados de 2009.
Se o atraso de fato for confirmado, havera’ fortes implicacoes no
segmento de satelites do Programa Espacial Brasileiro. Praticamente
todas as futuras missoes de satelites desenvolvidas no Brasil, com
excecao do Cbers, deverao utilizar a PMM. E’ o caso dos projetos de
satelites de imageamento Amazonia-1 (missao otica) e Mapsar (missao
radar), dos satelites cientificos Lattes (Equars, Mirax) e
meteorologico GPM (Global Precipitation Monitoring). O projeto de um
satelite de observacao costeira e oceanografica (Sabia-Mar) em
parceria com a Argentina, reavivado no final de 2007 e comeco de 2008,
tambem e’ candidato a utilizar a PMM. ( Fonte:
http://www.tecnodefesa.com.br/panoramaespacial – Adaptado JC )
Ed: CE

CRIANCAS FAZEM FILME DE ANIMACAO NO MUSEU DE ASTRONOMIA
16/05/2008. Atividade neste domingo tem como tema o destino do lixo
que produzimos e a importancia da reciclagem. Neste domingo, dia 18 de
maio, o Museu de Astronomia e Ciencias Afins (MAST) convida criancas a
produzir um filme de animacao sobre o destino do lixo produzido
diariamente. O objetivo e’ revelar a importancia da coleta seletiva e
da reciclagem para a preservacao do meio ambiente. O evento comeca ‘as
16h e a entrada e’ gratuita. A cada edicao da serie “Ciencia Animada”,
realizada todo terceiro domingo do mes, o publico infantil tem a
oportunidade de produzir filmes de animacao apos participar de
discussoes sobre ciencia. Sempre sao explicadas tecnicas diferentes de
animacao, como stop motion, recorte, flip book e pixilation. A
programacao de final de semana no Mast nao para por ai’. Um dia antes,
no sabado (17), o publico tera’ a oportunidade de realizar uma visita
orientada na qual e’ possivel explorar o sistema solar em escala.
Representacoes dos planetas estao espalhadas proporcionalmente pelos
jardins do museu, o que torna mais facil a comparacao entre os
diametros e as distancias dos astros. Sempre acompanhados por um
mediador, os visitantes conhecerao ainda um pouco da historia do
conjunto arquitetonico do MAST e encontrarao diferentes lunetas,
inclusive algumas das maiores do Brasil. A visita dura cerca de uma
hora e e’ dirigida para o publico geral. A atividade e’ gratuita e
realizada todo terceiro sabado do mes, ‘as 16h. Ainda no sabado, um
pouco mais tarde, a partir das 17h30, o museu promove a Observacao do
Ceu. Atraves de telescopios e lunetas, o publico conhece galaxias,
estrelas, planetas e outros astros estudados pela Astronomia. A
entrada tambem e’ franca. A observacao do ceu desenvolve-se em duas
partes. A primeira prepara o publico atraves da projecao de videos com
temas astronomicos. Na segunda, os visitantes vao para a area externa
do Museu e observam, atraves de grandes telescopios, uma serie de
astros, como aglomerados de estrelas, nebulosas, estrelas duplas,
planetas e a Lua. Um astronomo ou monitor especializado conduz a
observacao e esclarece duvidas. A observacao e’ realizada todas as
quartas e sabados, de 17h30 ‘as 20h. O Mast fica na Rua General Bruce,
586, Sao Cristovao. ( Fonte: Assessoria de Imprensa do Mast )
Ed: CE

DESEMPENHO EM OLIMPIADA DE ASTRONOMIA FAZ LIMOEIRO DO NORTE FICAR MAIS
PERTO DO CEU
16/05/2008. Os alunos de escolas publicas de Limoeiro do Norte que
gostam de astronomia agora vao poder olhar os astros mais de perto.
Sabado, a secretaria municipal de Educacao recebe a doacao de um
Telescopio Computadorizado de 90 mm de diametro da coordenacao da
Olimpiada Brasileira de Astronomia e Astronautica (OBA), em solenidade
9h no auditorio da Fafidam, da Uece. Na decima edicao da olimpiada, em
2007, Limoeiro do Norte foi o municipio do Brasil que inscreveu maior
numero de alunos, com excecao das capitais. O telescopio da marca
Meade sera’ entregue pelo coordenador nacional da comissao
organizadora da OBA, Joao Batista Canale, pelo presidente da comissao
de ensino de Astronomia da Sociedade Astronomica Brasileira, Jaime
Fernando Villas da Rocha e por Luiz Sampaio, da Omnix Lux, que doou o
aparelho. O municipio vai ganhar tambem um Nucleo de Astrociencias,
disse o astronomo Dermeval Carneiro, coordenador estadual da
Olimpiada, a ser implantado no Nucleo de Informacao Tecnologica (NIT),
onde sera’ implantado um observatorio astronomico com o telescopio.
“Limoeiro do Norte tem a maior quantidade de participacoes na OBA, mas
nao tem qualidade nas notas dos alunos”, afirmou. O Nucleo de
Astrociencias vai procurar melhorar a qualidade do ensino de fisica,
matematica, quimica, biologia e astronomia. A entrega reune o prefeito
Joao Dilmar, o deputado Ariosto Holanda, o diretor de Divulgacao
Cientifica da Funcap, Amaral Vieira e um representante da Secretaria
da Ciencia, Tecnologia e Educacao Superior. O prefeito convidou o
ministro da Ciencia e Tecnologia, Sergio Rezende, alguns secretarios
do Ministerio, e Ivette Maria Rodrigues Soares, da Agencia Espacial
Brasileira. Em 2007, o Ceara’ ficou em segundo lugar no pais em
participacao na OBA, atras de Sao Paulo – Limoeiro do Norte, ficou ‘a
frente de Fortaleza. Este ano, o Ceara’ superou Sao Paulo gracas ‘a
inscricao de 6.811 alunos de Limoeiro do Norte. A OBA e’ financiada
pelo Ministerio da Ciencia e Tecnologia, via Conselho Nacional de
Desenvolvimento Cientifico e Tecnologico (CNPq) e pela Secretaria de
C&T para Inclusao Social ( Fonte: Flaminio Araripe, da Assessoria de
Imprensa da Secitece )
Ed: CE

———————————————————-
ASTRONOMIA NO MUNDO
———————————————————-

POLUICAO COSMICA OFUSCA LUZ DE GALAXIAS
16/05/2008. Um paulistano pode se frustrar ao olhar para o ceu sabendo
que nao enxerga todas estrelas que poderia ver se a cidade nao fosse
poluida. Agora, imagine a decepcao de um astronomo observando uma
imagem do Telescopio Espacial Hubble e descobrindo que a luz das
galaxias que ele enxerga nao e’ nem metade daquela que esta’ la’ fora.
Bom, um grupo de cientistas britanicos e alemaes acaba de mostrar que
e’ isso o que esta’ acontecendo. Em estudo na revista “Astrophysical
Journal Letters”, cientistas liderados por Simon Driver, da
Universidade de Saint Andrews (Escocia), mostraram que a poeira
cosmica que existe entre as estrelas bloqueia, em media, metade da luz
estelar visivel que deveria chegar ate’ observadores na Terra. A
descoberta saiu de um catalogo de imagens de altissima resolucao de 10
mil galaxias que Driver coordenou para analisar outras questoes. Ao
fazer observacoes detalhadas de radiacao invisivel a olho nu (raios X,
luz infravermelha etc.), o pesquisador tomou um susto. “Pela primeira
vez, nos tivemos uma medida precisa do quao grande e’ o problema da
poeira, e ele e’ bem maior do que achavamos”, disse o astronomo ‘a
Folha. “Essa poeira esta’ dentro das galaxias que observamos, a maior
parte distribuida dentro de um disco muito fino, mas ha’ um componente
adicional bem no centro das galaxias. E’ esse componente que esta’
causando o problema, bloqueando praticamente toda a luz de algumas
estrelas no meio das galaxias.” Segundo Driver, o problema nao afeta
imagens que os astronomos fazem de estrelas dentro da Via Lactea -a
nossa galaxia-, mas deve afetar muito as observacoes mais distantes.
“Muitas das pessoas que estao trabalhando com essas imagens de campo
muito profundo do Telescopio Espacial Hubble terao de olhar nosso
trabalho com atencao e terao de avaliar se isso tem um serio impacto
nos estudos que eles vem publicando nos ultimos cinco anos”, diz o
astronomo. “Minha impressao e’ que sim.” Segundo o grupo de Driver,
ainda ha’ muitos resultados conflitantes em estudos sobre como as
galaxias se formam, e a poeira subestimada pode acabar levando boa
parte da culpa agora. “Esperamos que, com as pessoas contabilizando a
poeira de maneira correta, talvez elas consigam obter resultados mais
consistentes.” Cores invisiveis Segundo o estudo na “Astrophysical
Journal Letters”, o problema da luz estelar ofuscada e’ mais intenso
quanto mais longe se tenta enxergar. Galaxias mais distantes podem
estar revelando apenas 10% de sua luz. Segundo Driver, o problema
vinha sendo subestimado porque, apesar de ja’ existir tecnologia para
detectar diversos tipos de radiacao cosmica, em determinados tipos de
estudo prevalece entre muitos astronomos a cultura de usar apenas a
luz visivel. Ao fazer estimativas de quanta luz as estrelas de outras
galaxias deveriam estar emitindo e ao medir quanta luz chegava ‘a
Terra, porem, os cientistas tinham de conviver cada vez mais com o
incomodo problema de nao fechar as contas. Boa parte da luz que
deveria estar saindo de outras galaxias parecia nao chegar a lugar
algum. A luminosidade no espectro das cores visiveis absorvida pela
poeira cosmica, porem, e’ reemitida nos outros comprimentos de onda
-infravermelho, sobretudo. So’ agora, com levantamentos mais
detalhados da radiacao de galaxias, foi possivel achar a “luz
perdida”. Uma esperanca de entender melhor a dinamica da luminosidade
nas galaxias vira’ com o Observatorio Espacial Herschel, da ESA
(Agencia Espacial Europeia), que deve ser lancado no fim deste ano. O
satelite vai enxergar radiacao infravermelha distante (comprimento de
onda bem mais longo que o da luz visivel) e vera’ diretamente o brilho
da poeira cosmica que ofusca as estrelas de outras galaxias. ( Fonte:
Rafael Garcia, Folha de SP )
Ed: CE

———————————————————-
EVENTOS
———————————————————-

05/05/2008 a 17/05/2008 – Curso de astronomia aberto ‘a comunidade: O
Planetario da UFSC, em parceria com o Grupo de Estudos de Astronomia
(GEA), oferece a partir do dia 5 de maio o curso “Leitura do Ceu e
Sistema Solar”. As aulas serao ministradas por astronomos amadores do
GEA e pela equipe do Planetario, de 2к a 6к, das 19h30 ‘as 21h30,
durante duas semanas. No final do curso o aluno recebe um certificado
emitido pela universidade. O cronograma inclui, alem de aulas
teoricas, praticas no planetario nas quais os alunos observarao o ceu
lidando com equipamentos astronomicos, como o telescopio. Estao
abertas 44 vagas, e as inscricoes acontecem a partir do dia 7 de abril
ate’ todas as vagas serem preenchidas ou ate’ o primeiro dia de aula,
na secretaria do Planetario. O custo da inscricao e’ de R$40 para
estudantes e R$60 para nao estudantes. Mais informacoes no telefone
3721-9241 ou no site http://www.cfh.ufsc.br/~planetar ( Fonte: Gabriela Bazzo
/ Agecom )
Ed: CE

01/07/2008 a 11/07/2008 – Primeira Escola Brasileira de Propulsao
Eletrica Espacial: O evento, que acontece de 1 a 11 de julho, e’
realizado pelo Laboratorio Associado de Plasmas do Instituto Nacional
de Pesquisas Espaciais (Inpe), sediado em Sao Jose’ dos Campos, SP
Serao abordados temas como: missoes espaciais, dinamica orbital,
propulsores quimicos, propulsores eletricos, e engenharia de sistemas
propulsivos. O evento e’ destinado a estudantes e docentes de cursos
de graduacao e pos-graduacao na area de ciencias exatas/tecnologia,
bem como a profissionais e pesquisadores da area de engenharia. Todas
as palestras serao em lingua inglesa, ministradas por pesquisadores
brasileiros e estrangeiros. Mais informacoes e inscricoes no site:
http://www.inpe.br/ebpee/index.php ( Fonte: JC )
Ed: CE

———————————————————-
EFEMERIDES PARA A SEMANA
———————————————————-
15/05/2008 a 24/05/2008
Efemerides dia-a-dia
Ed: RG

15 Maio
Lancamento: NROL-26 Delta 4H
Europa (5.9 mag), final de transito 00:50
Luz Zodiacal sobre o horizonte ENE 05:05
Io (5.3 mag), final de sombra 22:23
Io, final de transito 23:30

16 Maio
Lancamento: GLAST Delta 2
Chuveiro Arietideos (diurno) em maxima atividade
Luz Zodiacal sobre o horizonte ENE 05:05

17 Maio
Cassini, sobrevoo distante a Calypso, Methone e Epimetheus
Chuveiro Epsilon Aquilideos com maximo em 17 e 18 de maio
Luz Zodiacal sobre o horizonte ENE 05:05

18 Maio
Chuveiro Ophiuchideos Norte de Maio com maximo em 18 e 19
Cometa ‘P/2003 KV2’ LINEAR em Perielio a 1.061AU do Sol e a
0.313AU da Terra, elongacao 90.3° 02:09
Cometa ‘173P’ Mueller em Perielio a 4.214AU do Sol e a 4.635AU da
Terra, elongacao 59.6° 14:06
Ganymed (4.8 mag), inicio de sombra 03:46
Luz Zodiacal sobre o horizonte ENE 05:05

19 Maio
Cometa ’86P’ Wild em Perielio a 2.301AU do Sol e a 1.331AU da Terra,
elongacao 158.0° 21:08
Lua em Libracao Norte 09:30
Lua Cheia 23:11

20 Maio
Europa (5.8 mag), inicio de eclipse 03:40
Lua em Apogeu (406398.3 km) 11:10
Imersao da estrela 2 Sco, SAO 183896 (sistema multiplo de estrelas),
4.5 mag na borda escira 05:01
Emersao de 2 Sco, SAO 183896 na borda iluminada da Lua 05:57
Imersao de Antares, Alpha Sco (estrela dupla, separacao <10′), 1.1 mag
na borda escura lunar 18:36
Emersao de Antares, Alpha Sco na borda escura lunar 19:00

21 Maio
Cometa ‘146P’ Shoemaker-LINEAR em Perielio a 1.418AU do Sol e a
2.212AU da Terra, elongacao 29.2° 05:02
Chuveiro Arietideos ativo ate’ 02/07 em Cep 21:00
Io (5.2 mag)inicio de sombra 03:33
Io, inicio de transito 04:35
Io, final de sombra 05:49
Cometa ‘C/2007 W1’ Boattini, Magnitude estimada 7.0mag, mais bem visto
de 18:04 a 23:00, elongacao 90° 18:04
Lua Zodiacal sobre o horizonte ONO 18:06
Chuveiro Arietideos em Cep 21:00
Gasnymed (4.8 mag)desaparece em ocultacao 21:53
Callisto (5.9 mag)inicio de eclipse 22:10
Europa (5.8 mag)inicio de sombra 22:29

22 Maio
Cometa ‘148P’ Anderson-LINEAR em Perielio a 1.703AU do Sol e a
2.601AU da Terra, elongacao 21.8° 15:08
Europa (5.8 mag)inicio de transito 00:30
Io (5.2 mag)inicio de eclipse 00:49
Ganymed (4.8 mag) reaparece de ocultacao 01:09
Europa, final de sombra 01:11
Callisto, final de eclipse 01:20
Europa, final de transito 03:12
Io, reaparece de ocultacao 04:06
Cometa ‘C/2007 W1’ Boattini, Magnitude estimada 6.9mag, mais bem visto
de 18:04 a 23:00, elongacao 88° 18:04
Lua Zodiacal sobre o horizonte ONO 18:06
Io, inicio de sombra 22:01
Io, inicio de transito 23:02

23 Maio
Io (5.2 mag)final de sombra 00:17
Io, final de transito 01:18
Cometa ‘C/2007 W1’ Boattini, Magnitude estimada 6.8mag, mais bem visto
de 18:04 a 22:06, elongacao 86° 18:04
Lua Zodiacal sobre o horizonte ONO 18:06
Europa (5.8 mag) reparece de ocultacao 21:46
IO reaparece de ocultacao 22:33
Imersao da estrela Psi Sgr, SAO 187882 (dupla proxima) 4.9mag, na
borda iluminada da Lua 21:22
Emersao da estrela Psi Sgr na borda escura da Lua 22:04

24 Maio
Cometa ‘C/2007 T5’ /Gibbs en perielio a 4.049AU do Sol e a 4.441AU
da Terra, elongacao 61.1° 02:01
Lua e Jupiter , -2.6mag, separados a 3.2° 06:02
Cometa ‘P/1998 VS24’ LINEAR em perielio a 3.423AU do Sol e a 4.384AU
da Terra, elongacao 16.1° 15:04
Cometa ‘C/2007 W1’ Boattini, Magnitude estimada 6.7mag, mais bem visto
de 18:03 a 22:05, elongacao 84° 18:03
Lua Zodiacal sobre o horizonte ONO 18:06

———————————————————-
GLOSSARIO
———————————————————-

Os verbetes deste Glossario foram extraidos do Astro.dic –
Dicionario de Astronomia e Areas Afins, que disponibiliza todo seu
conteudo no Site: http://www.ceaal.al.org.br/astrodic/
Ed: LL

———————————————————-
Supernovas – Boletim Brasileiro de Astronomia, e’ uma publicacao
semanal em forma de boletim eletronico, via e-mail, estruturado em
diferentes Editorias e elaborado pela comunidade astronomica
profissional e amadora brasileira com o objetivo de ampliar a
divulgacao de informacoes sobre a Astronomia no Brasil e no mundo.
Semanalmente, ele e’ enviado a aproximadamente 10000 interessados.
Informacoes gerais sobre Astronomia e Ciencias afins podem ser
encontradas no site do Boletim na Internet, no endereco:
http://www.boletimsupernovas.com.br/
Para receber semanalmente o Boletim, envie um e-mail para
<boletimsupernovas-subscribe@yahoogroups.com> e para deixar de
assina-lo envie um e-mail para
<boletimsupernovas-unsubscribe@yahoogroups.com>. Nao e’ necessaria
nenhuma informacao no corpo desses e-mails.
Devido a limitacoes de diversos provedores de e-mails, a acentuacao
grafica das edicoes sao omitidas.
Informacoes, sugestoes e criticas podem ser encaminhadas aos
editores, abaixo relacionados:

Site: http://www.boletimsupernovas.com.br
E-mail: boletim@boletimsupernovas.com.br

Editores Chefes:
Angela Minatel (AM): <angela@boletimsupernovas.com.br>
Beatriz Ansani (BVA): <beatriz@boletimsupernovas.com.br>
Carlos Eduardo Contato (CE): <cadu@boletimsupernovas.com.br>
Jorge Honel (JH): <honel@boletimsupernovas.com.br>
Marcelo Breganhola (MB): <breganhola@boletimsupernovas.com.br>

Editores de Astronomia no Brasil:
Alexandre Amorim (AA): <amorim@boletimsupernovas.com.br>
Carlos Eduardo Contato (CE): <cadu@boletimsupernovas.com.br>
Ednilson Oliveira (EO): <ednilson@boletimsupernovas.com.br>
Edvaldo Trevisan (EJT): <edvaldo@boletimsupernovas.com.br>
Geovani Marcos Morgado (GMM): <geovani@boletimsupernovas.com.br>
Kepler Oliveira (KO): <kepler@boletimsupernovas.com.br>
Marcelo Breganhola (MB): <breganhola@boletimsupernovas.com.br>

Editores de Astronomia no Mundo:
Jaime Garcia (JG): <jaime@boletimsupernovas.com.br>

Editor de Efemerides:
Rosely Gregio (RG): <rosely@boletimsupernovas.com.br>

Editor do Glossario:
Luiz Lima (LL): <lima@boletimsupernovas.com.br>

.
 
 
 
————————————————————————
Lucimary Vargas
Além Paraíba-MG-Brasil
AHAP/CEPESLE/OAM
http://www.arquivohistorico-mg.com.br 
http://cepesle-news.blogspot.com
http://forumcepesle.forumeiros.com [cadastre-se e participe!]
sangalli@arquivohistorico-mg.com.br
http://www.monoceros.xpg.com.br
http://astronomicando.blogspot.com/
http://arqueoastronomy.blogspot.com/
————————————————————————-
Presidente:
Observatório Astronômico Monoceros
Estacão Meteorológica Nº083/5ºDISME-INMET
CEPESLE -Centro de Estudos e Pesquisas Sertões do Leste
AHAP-Arquivo Histórico de Além Paraíba

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: